#OSUSP no #Diainternacionaldamulher!

Sabemos que não é de hoje que se discute e se luta para que a invisibilidade de artistas e intelectuais mulheres, no Brasil e no mundo seja minimizada. No dia de hoje, para além de celebrar a energia do feminino, parabenizamos as artistas talentosas no universo da música erudita contemporânea.

A temporada 2019 foi pensada de maneira especial, diz o Prof. Dr. Fábio Cury-diretor da OSUSP, em entrevista à Revista CONCERTO. “Um dos objetivos desta temporada é a de promover mais participação feminina. Não só fazer um grande evento pontual, como, ao longo do ano, ter mais compositoras, regentes e solistas mulheres.” Tal iniciativa pôde ser apreciada pelo vasto público da OSUSP neste início de ano com a apresentação da peça “Fragmentos”, de Marisa Rezende e participação especial da solista Cássia Carrascoza no concerto de estreia da série OSUSP na Sala São Paulo.

No segundo semestre teremos : a presença de Ligia Amadio, que já foi titular da OSUSP, como um marco para o ano de 2019.

Lígia recentemente, uniu-se à outras três regentes brasileiras – Cláudia Feres, Érica Hidrikson e Vania Pajares – e deu início ao prestigiado Simpósio Internacional Mulheres Regentes (The International Symposium Women Conductors and I), o evento tem reunido profissionais do Brasil e de outros países para questionar a falta de mulheres regentes e falar sobre a importância de ações afirmativas para mulheres nesta profissão. (https://m.facebook.com/100002371355253/posts/2076718462417179/). Bravo, maestras!!!

Além de Ligia Amadio, a orquestra recebe também a maestrina Catherine Larsen-Maguire e várias solistas ao longo das apresentações, como a pianista Karin Fernandes, além de outras compositoras integrando os programas dos concertos. Dessa forma, desejamos a todas as mulheres um “Feliz Dia Internacional da Mulher” com muita música, arte e educação.

 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial